colastrina resenha - Uma visão geral

Me referindo obviamente ao comentário do Ely Pereira aí acima. Pq do Tiago, só tenho pena. Deve ser parente do Cabral kkkkkkk. Falo utilizando propriedade, morei 18 anos pelo Rio e minha noiva é carioca da gema. Nãeste aguentamos e Este momento nãeste moramos Muito mais lá. Abçs

Vc esta certíssima. Nao pidemos condenar este lugar onde vivemos se não estamos bem pir dentro. Minha e sua visão das coisas é um reflexo do nosso interior.

Concordo e assino embaixo. Amo o RJ e quem não gostar qual saia daqui, como se SP fosse uma maravilha, é só assistir ESTES tele-jornais e vê a violência em SP.

Somo nós qual alimentamos aquela corja do políticos inúteis, somos nós qual insistimos em ignorar a miséria ao nosso redor; somos nós que insistimos em ser bairristas; somo nós que alimentamos este crime organizado quando compramos contrabando ou enrolamos 1 “baseadinho”; somos nós qual alimentamos a corrupção usando um jeitinho brasileiro; somos nós que permitimos todo esse caos, e sabe por qual?

Meter todas as faculdades distribuíDE pelas pequenas cidades, Nesse caso menos gente moraria aqui. É tanta utopia na minha cabeça de que só choro de saudade do um Rio qual vivi e nãeste viverei nunca Muito mais.

Estou como mãe por filho bandido. Utilizando muita raiva de você por deter Livre ainda mais a minha ferida. Meu Rio pobre cidade qual tanto amo. As vezes vislumbro a soluçãeste: Mandar embora todos de que nãeste nasceram aqui, quem sabe, usando menos povo melhoraria tudo.

AH, já ia me esquecendo: EU AMO Este RIO Por JANEIRO! Já fui várias vezes aí e adoro este povo carioca, usando toda tua malandragem, sua própria grosseira educação, mas seu abraço com igual, seu erres e xis puxados, e com toda a diversidade social de que convive tãeste de perto. Talvez o qual choque tanto no Rio seja exatamente isso: as desigualdades, e sua convivência tãeste próxima, quase sem divisas e demarcações, tãeste providencialmente disfarçadas como vemos em muitas capitais citadas como “perfeitas” por muitos, porém de que como minha São Caetano do Sul, esconde muita pobreza em seus cortiçESTES escondidos entre chiques condomínios…

Tenho parentes que moram na Baixada fluminense e ela nãeste é Muito mais ou menos violenta que a cidade do Rio de Janeiro. Moro actualmente em Brasília, onde tive o carro arrombado 3 vezes.

Perfeita sua própria colocaçãeste. É fora da casinha uma pessoa qual mora numa cidade em qual este PCC governa, onde na periferia , lugar onde ESTES paulistanos Destes jardins nunca sabem onde Vive, Discutir do RJ como se fosse o pior lugar do mundo.

Aliviada ! Sou mineira , morei pelo Rio 10 anos por opçãeste e amo este lugar e a cultura . Moro em SP a trabalho e fico por opção , por saber de tudo que este texto acima colocou

Existe este Rio basta clicar na seguinte página da internet por Janeiro do Rico e o rio do janeiro do pobre, o do rico você já sabe como é, visual novela da globo, praia, festas, natureza, zona sul e tudo perfeito, alguma noticia do violência, e Muito mais praia, festa e etc… Muito mais isso é para quem é rico e a maioria da população brasileira é pobre mesmo, entãeste se você é pobre, eis sua própria vida no rio… vai morar em um lugar longe DE praias, vai ter um pé especialmentessimo transporte publico, vai remunerar caro por tudo como se fosse rico, vai conviver com a violência lado a lado, possui medo por fuzil, do bandido, do tiro, de arrastãeste, do assalto, então prepare-se como você vai deter de que enfrentar seus medos pelo rio, e nãeste adianta se esconder, nãeste tem lugar seguro, aqui é orar a Deus todos os dias, e olho vivo, desconfiar até da sombra e se assustar até utilizando estalinho, atravessar segurando a bolsa, se esconder para atender o celular em alguma loja na rua, e nunca lançar mole….

Possui razãeste. A isso se juntam ESTES bandidos Muito mais perigosos qual estão instalados no Congresso e adjacências, responsáveis de certa maneira pelo que está acontecendo pelo Brasil

Este de que faz os moradores quererem criar as malas é o aumento da violência. Roubos na rua assustam Ainda mais as classes Muito mais altas, enquanto as balas perdidas sãeste o terror na vida da populaçãeste menos favorecida.

Sei de que em outros locais identicamente conjuntamente se possui esse Genero do postura, porém pelo Rio me pareceu algo mais Espécie “tu é pobre por que mora na periferia e eu não, pois moro em bairro nobre, zona sul…”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *